Side Area Logo
Welcome to unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium
Keep conected
 

29 de junho 2017

Beber estrelas

“Venham rápido! Estou provando as estrelas”, teria dito o monge Dom Pérignon ao descobrir o champagne. Oh, céus! E como é vasto este universo que não cansamos de admirar.

AS VARIEDADES

Espumantes são vinhos que passam por uma segunda fermentação, que leva ao surgimento de borbulhas de gás carbônico – a chamada perlage. Há muitos tipos!

Asti

 

Branco, doce e pouco alcoólico, o frisante do Piemonte italiano tem aroma de pera e nectarina e vai bem na sobremesa

Cava

 

O espumante típico da Catalunha espanhola lembra flores brancas, limão e amêndoas. Refrescante, é par perfeito para tapas

Champanhe

 

Feito na região francesa homônima, é clássico: perfeito com tudo, sempre. Aromas de maçã, pera e pão fresco

Espumante Nacional

 

Especialidade brasileira, tem bons representantes nos vinhedos do Sul, em especial os rosés frutados

Lambrusco

 

Da Emilia-Romana, o espumante italiano é tinto ou rosé, lembra frutas vermelhas e vai bem com pratos pesados

Prosecco

 

Natural das regiões do Vêneto e do Friuli, o italiano é conhecido pelo paladar seco. Pode lembrar pêssego e baunilha

AS TAÇAS

O copo certo aumenta as bolhas, o aroma, o sabor – e o glamour

Coupe

Dizem que foi moldada no seio de uma mulher. Bonitinha, mas ordinária: deixa as bolhas escaparem rapidamente

Flûte

Comprida e fina, ajuda a reter bolhas e aromas por mais tempo e a conduzi-los para o nariz de quem bebe

Tulipa

Tem boca mais larga para aumentar a percepção de aromas de champanhes vintage, sem perder as bolhas

O SERVIÇO

Rolhas voando, banho de espuma? Coisa de amadores. Eis o método definitivo para brindes mais sutis

Gele

 

Resfrie a garrafa até 8 °C em um balde com água e gelo em quantidades iguais. No calor, são cerca de 30 minutos.

Prepare

 

Desenrole o arame. Mantenha o polegar sobre a rolha para dar firmeza. Segure a garrafa com um guardanapo.

Abra

 

Segure a garrafa num ângulo de 45 graus e gire-a, prendendo bem a rolha – que sairá com um pequeno estouro.

Sirva

 

Incline a taça e sirva-a até a metade. Quando a espuma baixar, complete até da taça e segure-a pela haste.

A doçura

Brut é a medida do açúcar dos espumantes

Brut nature: sem açúcar

Extra brut: de nada a bem pouco

Brut: de nada a um pouco. Considerado o mais elegante

Extra dry ou extrasseco: apesar do nome, é quase suave

Sec, dry ou seco: nome árido, vinho suave

Demi-sec: bem docinho

Doce, dulce ou doux: quase uma sobremesa

oquetemprajantar1100

Esse é um conteúdo especial da revista “O Que Tem Pra Jantar?”. Você só encontra o Mundo do Vinho no St. Marche. Compre o seu exemplar nas lojas, se inspire na cozinha e faça o bem! Cada revista ou edição especial é uma doação para a ONG Banco de Alimentos.

POST TAGS: